A limpeza de pele é um processo estético, realizado em consultórios ou clínicas estéticas. A limpeza de pele é aconselhada para quem procura retirar por completo as imundícies do rosto e é muito indicado para aqueles indivíduos que demonstram exagero de espinhas.
Em contraste com o que se pensa, a limpeza de pele não é efetuada para a retirada de espinhas, até porque remover espinhas é capaz de ocasionar significativos riscos à saúde, como contaminações. O primordial intuito da limpeza de pele é retirar cravos, imundícies da pele e inclusive o milium (pequenos cistos salientes ocasionados pelo acúmulo de óleo e de pele nos poros).
A exposição à sujeira e outros agentes ambientais é habitual, e a nossa pele sofre com isso. Impurezas aglomeradas, muita produção de óleos, e outros problemas podem acontecer. A fim de evitar que isso acabe se tornando um problema de pele, uma limpeza mais detalhada e própria é crucial. E é isto que a limpeza de pele faz: uma limpeza precisa e intensa da sua pele.
O melhor é que a limpeza de pele venha a ser elaborada de dois em dois meses, para o caso de peles comuns a secas, e 1 vez todo mês, nas peles mistas a oleosas e com cravos.

Indicações da limpeza de pele

limpeza-pele A limpeza de pele é sugerida, especialmente, para remoção de cravos abertos (pontos escuros) ou fechados (sinais esbranquiçados) e retirada de miliuns. Serve inclusive para tirar as células inúteis e manter a pele aveludada e saudável. Todos os tipos de pele adquirem muito bem esse método. A limpeza bem realizada auxilia no controle das peles ressecadas, habituais, oleosas e mistas. Além do rosto, pode-se efetuar a limpeza de pele em toda região do corpo, como colo e dorso.

Dicas para quem pretende realizar limpeza de pele

1. Depilação

Não realize limpeza de pele profunda no mesmo dia em que efetuou a depilação do buço ou clareamento dos pelos.

2. Gestação

Mulheres gestantes nunca devem fazer limpeza de pele.

3. Frequência

Realize a limpeza de pele, somente, uma vez a cada três semanas.

4. Raios Solares

A limpeza de pele profunda não deve ser feita depois de exposição aos raios solares, já que a melanina, que é encarregada pelo escurecimento da pele, segue em ampla atividade. O inverso também é admissível. Não tome sol após fazer limpeza de pele, dado que o rosto encontra-se sensível e sem a primeira camada da pele.

5. Proteção

Ainda que seja adepto à limpeza de pele, aplique sempre protetor solar.

Seis Passos para fazer Limpeza de Pele

limpeza-pele A limpeza de pele deverá ser realizada por uma esteticista e, de modo geral, tem que acompanhar os seguintes passos:

1. Limpar a pele

Consiste em remover a maquiagem e limpar a pele aplicando uma loção de limpeza para ajudar a retirar completamente a oleosidade e muitas imundícies da pele. Produtos com Aloe vera são ótimas opções para desintoxicar a pele. A loção deverá ser utilizada com a mão na face inteira, e, a seguir, pode-se usar uma gaze para espraiar a loção por toda face, com movimentos em círculo.

2. Abertura dos poros

A abertura dos orifícios, usualmente, é efetuada com o aplique de vapor de ozônio ou inclusive spray de água, pois o vapor auxilia a amolecer a pele, viabilizando a eliminação de cravos e sujeiras. Pode ser utilizada também uma máscara para ajudar muito mais a amaciar a camada de pele mais sobressalente. O spray de água ou de ozônio pode perdurar de cinco a dez minutos e, durante esse tempo, a esteticista é capaz de fazer massagens nas mãos ou a cabeça da pessoa que está realizando o procedimento, tornando o período anterior à limpeza de pele mais confortável e relaxante.

3. Esfoliar a pele

A esfoliação serve para tirar a camada mais superficial da pele, favorecendo a extração de cravos e sujeiras do passo em seguida. Em pessoas que possuam acnes infeccionadas, essa esfoliação só pode ser feita com um produto adequado, entretanto em todas as outras circunstâncias pode-se usar um creme esfoliante que possua microgrânulos que, pressionados na pele, proporcionam a retirada da imundície. No decorrer da limpeza de pele, os movimentos em círculo com uma gaze são vitais para eliminar o maior número possível de cravos da face e abrir os poros. A remoção completa do produto pode ser feita com água e uma gaze limpa, preparando a pele para a próxima etapa.

4. Retirar cravos

limpar-pele A remoção dos cravos é efetuada manualmente, com gaze ou um pedacinho de algodão umedecido com uma loção antisséptica, comprimindo os dedos indicadores em direção inversa. Já a remoção de miliuns necessita de ser feita com o auxílio de uma agulhinha, para perfurar a pele e apertar, retirando a bolinha de sebo que formou-se naquela região. Esse procedimento é capaz de levar, no máximo, meia hora e, em geral, inicia na zona T, na seguinte ordem: nariz, queixo, testa e, a seguir, bochechas.
Após a retirada manual dos cravos e miliuns, pode ser aplicado um equipamento de elevada frequência que ajuda a pele a cicatrizar e tranquilizar. Porém, uma outra maneira de fazer uma perfeita limpeza de pele, removendo ao máximo suas impurezas, é fazer um tratamento profissional chamado limpeza de pele ultrassônica, que utiliza um dispositivo de ultrassom para atingir as camadas mais profundas da pele.

5. Máscara tranquilizante

Tem a necessidade de ser aplicada uma máscara, de modo geral calmante, conforme o tipo de pele, no decorrer de cerca de 10 minutos a fim de auxiliar a reduzir a vermelhidão e a aliviar a pele. Sua remoção pode ser realizada com água e gaze limpa, com movimentos em círculos. Ao longo de sua atuação, pode ser executada a drenagem linfática manual em todo rosto a fim de auxiliar a remover a vermelhidão e o inchaço.

6. Aplicação de Protetor solar

Para finalizar a limpeza de pele profissional, necessitará de ser aplicado uma loção hidratante e protetor solar sempre com fator de proteção semelhante ou superior a 30 FPS. Após este método, a pele fica mais frágil do que de costume e, por causa disso, o protetor solar é crucial para resguardar a pele dos prejuízos do sol e para evitar o surgimento de manchas escuras na pele, que irão poder surgir caso o rosto fique exposto aos raios solares ou às luzes ultravioletas, por exemplo.

Conheça alguns modelos de limpeza de pele

Limpeza de pele convencional

É a limpeza de pele mais utilizada e realizada com produtos de higienização, emoliente, máscara térmica ou vapor, equipamento de alta frequência antibactericida, máscara e cicatrizante. Pode ser efetuada em todo tipo de pele e é especialmente eficiente em peles oleosas.

Limpeza de pele com peeling químico

Em alguns casos, a limpeza de pele só não é suficiente. Então associa-se a limpeza ao peeling químico. É indicada para peles com espinha e manchas e o que muda quanto à limpeza tradicional é o emprego de determinados modelos de ácidos durante o procedimento de profilaxia da pele.

Limpeza de pele com peeling de diamante

O peeling de diamante é apropriado para quem tem manchas na pele ou possui pele muito densa. Durante a limpeza de pele, ele auxilia a remover as células mortas e afinar a pele, além de trazer os demais benefícios da limpeza como retirada da oleosidade e retirada de sujeira.

Limpeza de pele com hidratação

Na ocasião em que a pele está bastante ressecada ou escamando, este é o tipo de higienização sugerida. Os produtos utilizados são para hidratação forte e é utilizado um aparelho característico de ionização para auxiliar a pele a absorver melhor os cremes.

Limpeza de pele com revitalização

Além do procedimento de higienização de pele, com a esfoliação e hidratação essencial, são usados cosméticos específicos com princípios ativos de regeneração, antirrugas, efeito lifting e próprio para repor nutrientes. Tratamento indicado para peles maduras, sem vida ou exaustas. Um aparelho de microcorrentes que estimula a fibra também é usado para auxiliar na hidratação da pele e no efeito lifting.

Veja como efetuar uma limpeza de pele caseira

Tenha em mãos: sabonete neutro, água quente, gel de higienização, creme ou gel de hidratação com fator de proteção solar, esfoliante e máscara de rosto.
1 – Lave o rosto com o sabão neutro e enxugue.
2 – Ponha a água bastante quente em um receptáculo, oculte o rosto e o receptáculo com a mesma toalha, conserve a cabeça a cerca de quarenta e cinco centímetros da água e receba o vapor por três minutos.
3 – Passe o esfoliante e esfregue brandamente com as extremidades dos dedos, fazendo movimentos circulares por todo o rosto durante três a cinco minutos. Caso a pele seja bastante oleosa, não passe de sessenta segundos para não estimular mais produção de sebo.
4 – Aplique a máscara de tratamento adequada ao seu padrão de pele ou uma caseira para todo tipo de pele, observe a receita: Bepantol (pomada), Hipoglós, cinco gotinhas de vitamina A e cinco gotinhas de vitamina E. Misture em quantidade suficiente para uma aplicação somente. Não guarde a mistura para utilização posterior. Pode ser mesclada nas palmas das mãos. Deixe agir por dez minutos.
5 – Enxágue a pele e remova toda a máscara. Aplique um tônico com algodão para tirar o restante.
6 – Aplique o hidrante para seu padrão de pele. Não pense que a pele oleosa não necessita de hidratação. Enfim, hidratar é pôr água no interior das células ou evitar que ela se evapore. Utilize um hidrante “oil free” (sem óleo), no geral vendido como gel ou loção.
7 – Se o hidratante não possuir protetor solar, aplique um com, pelo menos, fator de proteção 15.
Independentemente do modelo de pele, todas necessitam ser limpas, tonificadas, hidratadas e protegidas. E isso necessita de ser realizado diariamente, principalmente antes de dormir. Determinados cuidados são precisos para um melhor aspecto e saúde da pele.

Cuidado do dia a dia – manhã e noite

Manhã: limpe o rosto com sabonete neutro, aplique tônico com algodão, use hidratante para o dia e aplique filtro solar ou uma base fina com filtro solar.
Noite: após lavar o rosto, utilize um demaquilante por toda a face e pescoço. Use hidrante para a noite. (Após ministrar o hidrante para a noite, vá dormir de luz apagada. Não use o computador ou assista televisão, uma vez que a luz complica a ação do hidratante. )
Não é crucial ir ao salão de beleza ou à esteticista de semana em semana com o objetivo de fazer uma ótima limpeza de pele. Exceto caso você tenha pele muito sensível, acnes infeccionadas ou outro problema de pele, nesses casos procure um dermatologista. A limpeza de pele caseira não substitui a necessidade de se fazer a limpeza de pele com um profissional de estética pelo menos uma vez por mês para a pele seca, e ao menos uma vez a cada 3 meses para a pele oleosa, apenas reduz a necessidade e auxilia a economizar. Para uma limpeza eficaz é aconselhável conhecer inicialmente o seu tipo de pele: seca, normal, mista ou oleosa.
E lembre-se: antes de começar qualquer tratamento de pele, é sempre conveniente uma visita a um médico dermatologista de sua confiança.

Você sabe como é produzida a limpeza de pele?
Avalie esta postagem
Você sabe como é produzida a limpeza de pele?

Post navigation


Deixe uma resposta