Olheiras apareceram porque você dormiu tarde da noite? Muita tarde da noite? Sim, esse poderia ser um dos porquês pelos quais despontaram os círculos pretos e profundos embaixo de seus olhos que sacudiram com sua aparência. Mas, o mais provável é que as olheiras sejam consequência hereditária. Elas, em algumas ocasiões, são uma herança de família – a consequência de um estilo de pele ou coloração herdada. As olheiras são mais usuais em peles morenas. Os indivíduos de pele branca são menos suscetíveis às olheiras porque não desenvolvem graus exagerados de melanina, que é uma cor da pele. As peles muito escuras, como as negras, também não são afetadas, pois as modificações de cor são menos perceptíveis.

As olheiras são capazes de encontrar-se presentes a contar da infância e agravam com o passar do tempo, enquanto o despejamento de células exteriores da pele encurta e elas absorvem pigmento de suas adjacentes, ficando em excesso de depósitos de melanina. KEYWORD
Mas por qual motivo a coloração aglomera-se na área dos olhos, ao invés de outro local? Esta é uma posição ainda aberta ao debate. O que sabemos é por qual motivo o pigmento é mais fácil de ser visto nessa área. O âmago da questão é que a pele ao redor dos olhos é bastante fina, com um tecido adiposo relativamente pequeno. Então, sempre que o sangue atravessa essa região frágil, se mostra por intermédio da pele como “círculos escuros”.

Determinadas coisas, inclusive o estilo de vida, são capazes de enfatizar as olheiras. Desta forma, na ocasião em que você está pálido e cansado por qualquer motivo – como, por exemplo, diversas noites sem dormir satisfatoriamente – as olheiras vão parecer mais escuras.
Os reflexos alérgicos que despontam na região dos olhos podem causar prurido e irritação e o esfregar pode tornar a área muito mais escura. A exposição às luzes solares também irá escurecer provisoriamente as olheiras, uma vez que a luz solar suscita o corpo a criar melanina como parte de seu mecanismo de defesa contra queimados.

Aprenda eliminar as olheiras

Têm alternativas cosméticas e existem alternativas cirúrgicas. No que se refere às cosméticas, a primeira alternativa é a camuflagem:
A orientação cosmética primária é um cosmético para a parte de baixo dos olhos. Escolha um que seja só um ou dois tons mais claro do que a pigmentação natural da sua pele. Porém nunca exagere. Muitas maquiagens ressaltam todo tipo de rugas ou pode deixar você com manchas desiguais e claras sob seus olhos.
Ao relento, evite ofuscamento suplementar dos círculos utilizando óculos de sol com lentes de proteção UV. Eles defendem a região dos raios UV, prevenindo assim um maior desenvolvimento de melanina.

Tática com estilo! Um corte com franjas pesadas pode lançar uma sombra adicional em círculos pretos. Porém puxar o cabelo para a parte externa da face também tem probabilidade de ocasionar complicações, efetivamente configurando muito contraste e fazendo as olheiras aparecerem bem mais salientes. Uma franja com caimento pelos lados seria mais prudente, porém se isso não se encaixar ao seu semblante, empregando corte com mechas que caem acima de suas sobrancelhas.

Se você é propenso a olheiras, entenda essas soluções a longo prazo:

Quem tem olheiras, mas elas ainda não são tão visíveis, podem ter sucesso com tratamento de prevenção, por intermédio de um método de embranquecimento da pele, exercido por um dermatologista. O mais eficiente inclui um creme de branqueamento associado com um creme Retin-A a fim de abrandar a pele por uma casca exterior.
Inicialmente, é aplicado a cada noite no decorrer de seis meses. O regime é então diminuído para noite sim, noite não por mais 6 meses e, enfim, continua duas vezes semanalmente indefinidamente, de acordo com a necessidade. Todavia necessitará de ser realizado debaixo da supervisão de um especialista qualificado.
Peeling químico – o melhor removedor de pigmento – é um procedimento bem fácil e quase sem dor, exercido por dermatologistas. Uma solução segura de ácido tricloroacético passada na área embaixo dos olhos “queima” as camadas exteriores da pele obstruindo o pigmento mais escurecido. KEYWORD
Após alguns dias, uma crosta forma-se no local medicado, sob o qual a pele encontra-se revigorando. Dentro de seis a dez dias, a casca cai, revelando a pele atual, mesmo que vermelha. Pode levar de 6 semanas a quatro meses a fim de que qualquer traço da vermelhidão desapareça. Contudo logo que o vestígio sumiu, a maquiagem pode ser aplicada para mascarar a coloração. Visto que a área é curada, a nova pele menos escura (também menos linhas finas por baixo do olho) vai ser uma mescla de cores bem mais próxima ao restante do rosto.

Atenção para evitar ou pelo menos ocultadas

Post navigation


Deixe uma resposta